INSCREVA-SE
home
Jornalismo

JORNALISMO

O Curso de Jornalismo da FACHA contempla três aspectos indispensáveis à formação do futuro profissional, por meio de aulas teóricas e práticas: obtenção de informações e capacidade de reflexão em termos culturais, sociológicos e éticos; domínio das técnicas jornalísticas; e conhecimento das novas tecnologias e dos novos meios de comunicação surgidos nos últimos anos, como, por exemplo, a Internet, a TV por assinatura e o jornalismo on-line. Considerada em uma pesquisa ABI/UFRJ, como a faculdade do Rio de Janeiro que mais emprega profissionais no mercado ligado ao Jornalismo, a FACHA proporciona aos estudantes todas as condições necessárias para o aprendizado prático do jornalismo. O curso mantém o Jornal da FACHA, a TV FACHA com ilhas de edição de última geração, a Rádio FACHA,  Laboratório de Fotografia e de Informática, nos quais os estudantes têm a oportunidade de aprimorar seus conhecimentos nas mídias impressa/eletrônica e na fotografia. 


Inscreva-se

Campus

Botafogo/Méier

Turno

Manhã/Tarde/Noite

Hora Aula

4140 horas

Hora Relógio

3000 horas

  •  Quadro de professores composto por profissionais com carreiras de sucesso nos mais destacados veículos de comunicação, empresas e organizações não-governamentais;
     
     Reconhecido no mercado por formar profissionais dotados de senso crítico e compromisso ético;
     
     Longa tradição, com mais de 40 anos de existência;
     
     Estúdios de rádio e TV, com equipamentos digitais, para gravação e edição de programas;
     
     Laboratórios de informática, editoração eletrônica e artes gráficas;
     
     Atividades promovidas no campus pelo Núcleo Artístico e Cultural (NAC);
     
     Participação em projetos sociais;
     
     Cursos de extensão e pós-graduação.
  • Na última década a prática jornalística sofreu intensas reconfigurações por causa da popularização da internet como espaço de debate, de criação e de compartilhamento de informação. Desde então, vem surgindo uma série de empresas jornalísticas que desempenham suas atividades integralmente no ambiente digital.
     
    Como consequência direta novas áreas de trabalho sugiram:
     
    • O jornalista pode trabalhar nas mídias tradicionais (impresso, rádio e televisão) e, também, em espaços jornalísticos digitais como portais e sites noticiosos;
     
    • Um campo que tem crescido exponencialmente no jornalismo diz respeito às assessorias de comunicação. Nesse sentido, o jornalista pode atuar em empresas públicas e privadas, além de organizações não-governamentais, onde pode desenvolver atividades voltadas para comunicação interna e externa nas mais diversas plataformas midiáticas;
  • foto-ivanaIvana dos Santos Gouveia

    Mestre em Comunicação e Cultura pela Escola de Comunicação da UFRJ, graduada em Comunicação Social, Jornalismo, pela FACHA. Foi coordenadora e professora do curso de Comunicação Social da Faculdade CCAA (habilitações: Jornalismo, Publicidade e Multimídia). Tem experiência na área de Comunicação, com ênfase em Teoria da Comunicação, Teoria do Jornalismo e do Audiovisual e Comunicação Comunitária.

    Lattes:  http://lattes.cnpq.br/2958742204655243

Top