INSCREVA-SE
home
Relações Públicas

RELAÇÕES PÚBLICAS

A FACHA é a casa das Relações Públicas no Rio de Janeiro.

O profissional trabalha na área de Comunicação de Empresas, Agências de Comunicação, Governos e ONGs. Cuida também da imagem de personalidades (artistas, atletas, políticos, lideranças). A atividade concentra-se no 'diálogo institucional' com a sociedade civil para formar reputação positiva.

O mercado de Relações Públicas oferece oportunidades de trabalho com planejamento e realização de atividades de Assessoria de Imprensa; Gestão de Mídias Digitais; Sustentabilidade; Relações com Comunidades; Megaeventos e Festivais; Eventos Corporativos e de Governo; Cerimonial e Protocolo; Relacionamento com Clientes; Ouvidoria; Propaganda Institucional; Comunicação Interna; Pesquisa de Opinião; Sistemas de Informação e monitoramento de públicos; Relações com Acionistas; Relações Institucionais; Administração de Crises; Memória Empresarial; Patrocínios Culturais; Lobby e Relações com Governos; Publicações de Organizações; Pesquisa universitária (mestrado e doutorado), entre outras.

O curso alia os conhecimentos da Comunicação, da Administração e das Ciências Sociais e Humanas (Sociologia, Antropologia, História e Psicologia).


Inscreva-se

Campus

Botafogo

Turno

Manhã/Tarde/Noite

Hora Aula

4360 horas

Hora Relógio

horas

  • Único curso privado no Rio de Janeiro, lançado em 1971, o mais tradicional da cidade. 

    Parceiro do Conselho Regional de Relações Públicas, da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, da Associação Brasileira de Comunicação Empresarial (ABERJE) e do Observatório da Comunicação Institucional (OCI).

    Professores doutores e mestres, com ampla inserção no mercado e na academia.

    Escritório de Relações Públicas com projetos internos e de extensão universitária.
     
    Laboratórios de audiovisual e redação atualizados;
     
    Cursos de extensão voltados para o mercado de trabalho.

    Central de Estágios para as primeiras oportunidades de trabalho.

    Central de Intercâmbios para aprender outras línguas e atividades de RP pelo mundo.

  •  A atividade de relações públicas demanda uma formação profissional diferenciada, com ênfase nos aspectos do gerenciamento, da coordenação e demais cargos de liderança em projetos de Comunicação e Organizações de todos os portes.

     O mercado de Relações Públicas oferece oportunidades de trabalho com planejamento e realização de atividades de Assessoria de Imprensa; Gestão de Mídias Digitais; Sustentabilidade; Relações com Comunidades; Megaeventos e Festivais; Eventos Corporativos e de Governo; Cerimonial e Protocolo; Relacionamento com Clientes; Ouvidoria; Propaganda Institucional; Comunicação Interna; Pesquisa de Opinião; Sistemas de Informação e monitoramento de públicos; Relações com Acionistas; Relações Institucionais; Administração de Crises; Memória Empresarial; Patrocínios Culturais; Lobby e Relações com Governos; Publicações de Organizações; Pesquisa universitária (mestrado e doutorado), entre outras.

     O crescimento do número de agências de Relações Públicas no Brasil aconteceu na década de 1980. Entre os motivadores da consolidação da área estão a globalização, aumento da concorrência nacional e estrangeira, maior regulação governamental, amadurecimento da livre sociedade civil, atuação da mídia, atividades dos grupos de pressão e causas sociais. Todas são forças que obrigam as organizações a ampliarem o foco de sua comunicação, no esforço de formar reputação positiva.

     A pesquisa Radar, realizada pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) sinaliza que as relações públicas estão entre as três primeiras carreiras que mais geraram postos de trabalho no Brasil entre 2009 e 2012.

     No mercado do Rio de Janeiro, esse crescimento parece ter se consolidado, segundo a matéria Hora de se comunicar - Rio vira paraíso de negócios para agências de Relações Públicas, publicada pela revista Meio & Mensagem.

    Al Ries no livro A queda da propaganda: da mídia paga à mídia espontânea destaca que "a estratégia de relações públicas é cada vez mais importante" e que para as organizações "o ponto mais importante é ter uma estratégia eficiente de relações públicas".

     O publicitário Nizan Guanaes à frente do Grupo ABC comprou a agência de Relações Públicas CDN, em 2013, com a proposta de oferecer a seus grandes clientes soluções de comunicação integrada.

     A assessoria de comunicação FSB na terceira edição do estudo Mapa da Comunicação Corporativa identifica no mercado a percepção maior das atividades relacionadas à grande área da comunicação e forte tendência em mais investimentos em atividades de relações públicas (gerenciamento de crises, comunicação interna, eventos e feiras, redes sociais, por exemplo).

     Consolida-se a tendência de organizações públicas, privadas e sem fins lucrativos em investir em Comunicação, já que a imagem e a reputação são importantes ativos. Reputação é autorização, legitimidade, consentimento público, atributos imprescindíveis para qualquer organizar atuar nos dias de hoje.
  • foto-ivanaAnderson Ortiz

    Doutorando pelo PPGC/Uerj, é mestre em Comunicação Social na área de Tecnologias da Comunicação e Cultura pela mesma instituição. Graduou-se pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro em Relações Públicas e Jornalismo, com especialização em Pesquisa de Mercado e Opinião Pública. Atualmente é professor na Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM-RJ) e Faculdades Integradas Hélio Alonso (FACHA), além de já ter lecionado na Universidade Federal do Rio de Janeiro (de 2012 a 2014) e Universidade do Estado do Rio de Janeiro (anos 2004 e 2008). É consultor em Comunicação, com experiência nas áreas de Marketing e Comunicação Organizacional, com ênfase em Pesquisa e Consultoria na área de serviços em entidades privadas e do terceiro setor. Presidiu a Comissão Própria de Avaliação da FACHA (2012-2014). Coordenador regional Rio de Janeiro do grupo de pesquisa Brasil Conectado, cuja coordenação central acontece na Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Trabalhou para organizações como Club Med, Ideafix, ISDN Talentos em TIC, Câmara de Comércio Americana, Fundação Getúlio Vargas, Instituto Brasileiro de Executivos de Finanças, Confederação Brasileira de Voleibol, Grupo Libra, International Flavors and Fragrances, entre outras. 

    Lattes: http://lattes.cnpq.br/3338372078427869

Top